Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
Saudosismo No Futebol, Com Antonio Vidal

Saudosismo

Publicada em 17/12/19 às 10:16h - 422 visualizações

por Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:
















    

Clube Náutico Capibaribe    Bandeira do estado de Pernambuco

 

Fundação: 07 de abril de 1909. 

 

Resumo Histórico: Grandes clubes de futebol do Brasil surgiram do remo, esporte que chegou ao Brasil em1883, trazido por imigrantes europeus tais como Remo do Pará, Vasco, Flamengo e Botafogo do Rio de Janeiro, dentre outros, esporte muito praticado pela elite recifense já a partir de 1887. Com o Náutico não foi diferente.

  1. Remo: A ideia da fundação de uma nova agremiação teve como embrião a união de dois grupos de rapazes rivais e praticantes de regatas (remo). Comandados por João Victor da Cruz Alfarra, costumavam alugar barcos da antiga Lingueta e saiam em pequenas excursões, tendo como ponto de partida a antiga Casa de Banhos do Pina, iam até o bairro de Apipucos. Com o término da Revolta dos Canudos, episódio marcante na História do Nordeste e do Brasil, os recifenses prepararam uma recepção para as tropas pernambucanas comandadas pelo General Artur Costa, através de uma grande programação, onde teve como ápice a marcação de uma grande regata acorrida no dia 21 de novembro de 1897. Houve uma grande repercussão e os recifenses sentiram a necessidade de promover outras competições do gênero. A partir daí, o remo começou a ganhar novos adeptos e no ano seguinte os empregados dos armazéns das ruas Duque de Caxias e Rangel formaram uma agremiação denominada Club dos Pimpões. No final de 1899, ficou acordado entre os adeptos do Remo a fundação de uma nova sociedade que congregava os 2 grupos rivais praticantes daquela modalidade náutica, sendo denominada Clube Náutico de Recife. No final daquele ano, por decisão de seus dirigentes, optaram por mudar o nome para Recreio Fluvial. A nova nomenclatura não foi do agrado de todos e no início de 1901 foi restaurado o nome anterior: Clube Náutico do Recife. Finalmente em 07 de abril de 1901, depois de várias mudanças e denominações, foi fundado o clube que veio dar origem ao Clube Náutico do Capibaribe. João Alfarra convocou a todos ligados a prática do remo para uma solenidade na qual foi lavrada e registrada a primeira ata da agremiação, data que ficou reconhecida como a da fundação do clube. O documento histórico recebeu a assinatura de todos os presentes, dentre eles Antônio Dias Ferreira, presidente da reunião; Piragibe Haghissé, secretário; e de João Victor Alfarra, líder do grupo e idealizador do novo clube.

  1. Futebol: A ideia da prática do futebol começou a surgir em 1905; somente no ano seguinte um grupo de imigrantes ingleses formou o primeiro time. Era apenas como atividades recreativas praticadas aos domingos no campo do Santana. Nessa época, o racismo se fazia muito presente e o Náutico ficou conhecido como Clube dos Brancos por não permitir que negros ou mestiços usassem seus uniformes. Em 1914 foi criada a Liga Recifense de Futebol e o Náutico não participou dessa Liga. Em consequência, houve evasão de jogadores deixando o clube em busca de outras agremiações. O América pernambucano foi o Clube que mais recebeu jogadores saídos do Náutico. Em 1915 foi fundada a Liga Sportiva Pernambucana, à qual o Náutico se filiou, e os jogadores que estavam distribuídos em outros clubes retornaram as origens. A partir daí, passou a disputar jogos oficiais sem muito empenho e o sucesso que era esperado só aconteceu com a chegada do profissionalismo no futebol pernambucano. O Náutico mais motivado logo conquistou o título estadual de 1934, repetindo o feito em 1939, ano em que foi inaugurado o Estádio dos Aflitos. A década de 40 foi considerada o período de ouro para o futebol do Náutico. Em 1945 goleou o Flamengo de Recife por 21 x 3, conquistando mais um título Pernambucano. Na época surgiu seu primeiro craque e ídolo da torcida, o jogador Orlando Pingo de Ouro, que também brilhou no Fluminense do Rio de Janeiro. Tratava-se de um exímio goleador, que também fez história no tricolor carioca. A partir daí, o Timbú, como é conhecido o time do Náutico, assumiu o protagonismo do futebol pernambucano, conquistando o tricampeonato: 1950, 1951 e 1952, o Torneio Norte-Nordeste e os Estaduais de 1954 e 1960. Foi na década de 60 que o Náutico teve o reconhecimento em nível nacional e continental, conquistando vários títulos estaduais, incluindo um tetra, um penta e o exclusivo exa do campeonato pernambucano entre 1963 e 1968. Foi vice-campeão da Taça Brasil de 1967, antiga versão do Brasileirão Série A, conquistando o direito de disputar a sua primeira Copa Libertadores da América.

Localização: Está localizado na Cidade de Recife, capital do Estado de Pernambuco. É uma das cidades do nordeste mais visitadas por turistas do Brasil e do exterior, atraídos pelas belezas natural e arquitetônica e por suas duas praias, Boa Viagem e Pina, de orla esverdeada e muitos coqueiros. Possui vasto movimento cultural, dentre eles o Carnaval de Olinda, município metropolitano de Recife, famoso por seus bonecos gigantes, pelo tradicional Bloco Carnavalesco Galo da Madrugada e pelos ritmos alucinantes do frevo e do maracatu. No meio desse contexto, está sediado o Clube Náutico Capibaribe.

C:\Users\Casa\Desktop\thinkstockphotos-474448950.jpeg

Recife – Pernambuco

Estádio: O Náutico manda seus jogos no Estádio Eládio de Barros Carvalho, conhecido também como Estádio dos Aflitos. Foi inaugurado no dia 25 de junho de 1939, no jogo em que o Náutico venceu o Sport Club do Recife por 5 X 2. O Estádio tem capacidade para 22.856 espectadores e ficou também conhecido pelo episódio denominado Batalha dos Aflitos, ocorrido no dia 26 de novembro de 2005 no jogo Náutico 0 X 1 Grêmio, válido pelo Campeonato Brasileiro da Série B. No final do jogo, houve pancadaria de parte a parte. A Polícia Militar entrou em campo, o Náutico perdeu um pênalti, o Grêmio teve 4 jogadores expulsos e em seguida o atacante Anderson do tricolor gaúcho deu uma arrancada espetacular, marcando o gol que deu ao Grêmio o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro de 2006.

Estádio Eládio de Barros Carvalho – Aflitos

Ídolos do Clube Náutico Capibaribe:

Orlando Pingo de Ouro

Nado

Jorge Mendonça

 

C:\Users\Casa\Desktop\imagem_317_destaque.jpg

  Década de 40

Década de 60

Década de 70


Marinho Chagas

Cláudio Milar

C:\Users\Casa\Desktop\th.jpg

C:\Users\Vidal\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.MSO\320EF007.tmp

Década de 70

Décadas 80/90

Estatística:

Participações Estaduais

Competição

Ano

Campeonato Pernambucano

104

1916, 1917, 1918, 1919, 1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925, 1926, 1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1933, 1934, 1935, 1936, 1937, 1938, 1939, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1949, 1950, 1951, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014,  2015, 2016, 2017, 2018 e 2019.


Participações Nacionais

Competição

Ano

Campeonato Brasileiro Série A

33

1961, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 2000, 2007, 2008, 2009, 2012 e 2013.

Campeonato Brasileiro Série B

17

1971, 1981, 1987, 1988, 1995, 1996, 1997, 1998, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2010, 2011, 2014, 2015, 2016 e 2017.

Campeonato Brasileiro Série C

03

1999, 2018 e 2019.

Copa do Brasil

25

1989, 1990, 1992, 1993, 1995, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019.

Copa Nordeste

11

1994, 1997, 1998, 2001, 2002, 2010, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019.


Participações Intercontinentais

Competição

Ano

Copa Libertadores

01

2018


Principais Títulos

Competição

Ano

Campeonato Pernambucano

22

1934, 1939, 1945, 1950, 1951, 1952, 1954, 1960, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1974, 1984, 1985, 1989, 2001, 2002, 2004 e 2018.

Campeonato Brasileiro Série C 

01

2019

Torneio Campeões Norte-Nordeste

01

1952

Copa dos Campeões do Norte

01

1966

Copa Pernambuco

01

2011

 

2020 – Participação do Náutico em competições:

  1. Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão.

  2. Campeonato Brasileiro Série B.

  3. Copa do Brasil (provável).

  4. Copa Nordeste (provável).





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 7492381
Usuários Online: 165
Copyright (c) 2020 - Blog do Carlindo Medeiros - Carlindo Medeiros, Advogado, Professor de Direito, Jornalista, Formado em Ciência da Computação, Pós-graduado-MBA e Curso de Extensão em Docência para ensino da Matemática. Trazendo informações com Dicas de Direito importantes para o cidadão.