Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Saudosismo No Futebol, Com Antonio Vidal

Saudosismo

Publicada em 07/11/19 às 14:31h - 96 visualizações

por Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:


















Ademir Menezes       Início de Carreira                    Sucesso


Data de nascimento: Ademir Marques de Menezes nasceu  no dia 08 de novembro de 1922, no bairo do Pina na cidade de Recife, capital do estado de Pernambuco.


Síntese do histórico desportivo: Pouco se podia imaginar que aquele garoto de pernas finas, nascido e criado na praia do Pina, seria uma grande estrela do Sport Club Recife, Vasco da Gama, Fluminense e da Seleção Canarinho. Ademir Menezes iniciou sua carreira em 1938, nas divisões de Base do Sport Club Recife. Foi campeão da categoria em 1938 e 1939, e sua performance o levou ao time principal com apenas 16 anos. Sua estreia no profissional, no ano de 1939, foi em um jogo válido pelo campeonato pernambucano contra o SC Tramways. Naquele ano, teve poucas oportunidades no time titular; foi relacionado como suplete em um jogo amistoso em Salvador. Em 1940, começou a ganhar espaço no time principal, participando de vários jogos amistosos como titular. Foi no ano de 1941 que sua estrela de atacante começou a brilhar: já com 18 anos o atacante passou a atuar como titular absoluto e com estatus de craque do clube rubro negro pernambucano. Foi campeão estadual naquele ano e artilheiro da competição com 14 gols. Neste mesmo campeonato, Ademir fez o seu primeiro “Hat trick”, no dia 19/10/1941. A vítima foi o rival Náutico, que sofreu uma goleada de 8 X 1. Neste jogo Ademir marcou 3 gols. No final da temporada de 1941, o Sport Club Recife fez uma excurssão pelo sul do Brasil. O futebol nordestino era pouco divulgado, porém  o clube rubro negro pernambucano fez muito sucesso, surpreendendo os clubes com quem jogou. Foram 18 jogos, 11 vitórias e apenas 5 derrotas. Ademir, com seu excelente futebol, chamou a atenção dos grandes clubes brasileiros e no ano de 1942 foi transferido para o Rio de Janeiro para defender o Vasco da Gama. No Vasco fez parte do famoso “Expresso da Vitória”, um dos maiores times formado no país. Em 1945, foi transferido para o Fluminense no final da temporada, na chamada “Transferência da década”. A sua ida para o Tricolor das laranjeiras foi a pedido do Treinador Gentil Cardoso que disse aos dirigentes tricolores: “Dê-me Ademir que lhes darei o campeonato”. Sua permanência na Rua das Laranjeiras durou pouco e em 1947 regressou ao Vasco da Gama. No famoso “Expresso da Vitória”, conquistou o Sul Americano de Clubes, e o campeonato Carioca de 1949. Foi convocado várias vezes para as seleções carioca e brasileira. Disputou a Copa do Mundo de 1950 no Brasil e foi o artilheiro da competição com 9 gols. Na Seleção Brasileira, jogou 41 partidadas e marcou 35 gols. Encerrou sua brilhante carreira em 1957, no Sport Club Recife.


Maior decepção da carreira: Não vencer a Copa do Mundo de 1950, realizada em seu país, quando a Seleção Brasileira perdeu a final da copa para o Uruguai no Jogo que ficou conhecido como “Maracanasso”.


Popularidade: Ademir não podia andar sossegado nas ruas. Tornou-se garoto propaganda de vários produtos e tinha sua imagem estampada em vários jornais e revistas por todo país.


Encerramento da carreira: Após passar por uma série de contusões, já não tinha a mesma disposição daquele menino criado na praia do Pina. Sua despedida se deu em um jogo amistoso contra o Corinthias, escalado de surpresa no lugar do centro-avante Pinga, pelo técnico Martim francisco. Emocionado falou: “Obrigado Seu Martim, é uma ótima oportunidade, porque acho que vou abandonar o futebol hoje”. Outra fase que ficou marcada foi: “Abandonei o futebol antes que ele me abandonasse”.


Curiosidades: 

  1. Devido ao seu queixo proeminente, Ademir tinha o apelido de “Queixada”.

  2. Ademir foi descoberto para o futebol pelo técnico uruguaio Ricardo Diaz do Sport Club Recife. 

  3. Ademir foi o primeiro jogador a marcar gol com a camisa da Seleção Brasileira no Maracanã. O fato ocorreu na Copa do Mundo de 1950.

  4. Cursou Odontologia na Faculdade de Medicina de Recife, não chegando a concluir a graduação.

  5. Assinou uma coluna sobre futebol no jornal “O Dia” do Rio de Janeiro nas décadas de 80 e 90.


Participações em Clubes e Seleção

Sport

Vasco

Fluminense

Seleção Brasileira

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\sport65.png

C:\Users\Casa\Desktop\Vasco-65.png

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\fluminense_60x60.png

C:\Users\Casa\Desktop\th.jpg

1939 a 1942 e 1957


1942 a 1945 e 1948 a 1956

1948 a 1956

1945 a 1953


Principais Títulos

Clubes

Ano

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\sport65.pngSport

Campeonato Pernambucano de 1941

C:\Users\Casa\Desktop\Vasco-65.pngVasco

Campeonato Carioca de 1945, 1949, 1950 e 1952

Campeonato Sul Americano de Campeões de 1948


Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\fluminense_60x60.pngFluminense

Campeonato Carioca de 1946

C:\Users\Casa\Desktop\th.jpgSeleção

Copa América de 1949

Campeonato Pan-Americano de 1952


Falecimento: Ademir Marques de Menezes faleceu no dia 11 de maio de 1966, aos 73 anos.

Coluna do Vidal

@carlindomc,
#carlindomc, 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
17/11/19 - Saudosismo No Futebol, Com Antonio Vidal Saudosismo






Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 7213835
Usuários Online: 299
Copyright (c) 2019 - Blog do Carlindo Medeiros - Carlindo Medeiros, Formado em Direito, Advogado, Professor de Direito, Formado em Ciência da Computação, Pós-graduado-MBA e Curso de Extensão em Docência para ensino da Matemática. Trazendo informações com Dicas de Direito importantes para o cidadão.