Google Analytics Google Analytics
Domingo, 26 de Maio de 2019
OCORRÊNCIAS POLICIAIS - COM CARLINDO MEDEIROS

Uma Mulher foi atropelada duas vezes no DF. Um dos motoristas estava bêbado

Publicada em 20/04/19 às 20:11h - 71 visualizações

por Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros)
















A mulher foi atendida e transportada pelos bombeiros ao Hospital de Base do DF (HBDF) com fratura no fêmur e suspeita de fratura na pélvis.

Uma mulher de 29 anos foi atropelada na tarde deste sábado (20/04/19) por dois veículos, segundo o Corpo de Bombeiros, na QN 07, em frente à Igreja Universal, no Riacho Fundo II. A vítima acabou atendida e transportada pelos bombeiros ao Hospital de Base do DF (HBDF) com fratura no fêmur e suspeita de fratura na pélvis. Estava consciente, orientada e estável.

A Polícia Militar informou que um dos motoristas, o que causou o acidente, estava embriagado. O homem, de 62 anos, dirigia uma Hyundai Tucson. O Corpo de Bombeiros o identificou como Lourival Aguiar Moita.

Ele foi preso e conduzido à 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), onde acabou autuado por embriaguez ao volante e lesão grave. A PM informou que ele estava exaltado.

Testemunhas contaram que a mulher foi atropelada pela Tucson e jogada na traseira de outro veículo, um VW Gol. O causador do acidente tentou fugir do local, mas foi impedido por populares.

Feito o teste de etilômetro por agentes do Departamento de Trânsito (Detran), o resultado deu 1,09ML/g, bem acima de 0,33 miligramas de álcool, limite para ser enquadramento como crime. Com informações do Metrópoles 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
ÚLTIMAS NOTÍCIAS






Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 6613993
Usuários Online: 232
Copyright (c) 2019 - Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros