Google Analytics Google Analytics
Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
NOTÍCIAS DA REGIÃO DO ENTORNO E DF

um grupo pebas metido a querer hackear contas bancárias e que ainda desviou R$ 126 mil de dois correntistas, sendo um deles de Águas Lindas de Goiás e outro de São Paulo foram em cana.

Publicada em 09/02/19 às 17:45h - 61 visualizações

por Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros)


















Polícia tenta identificar outros integrantes do esquema. Delegado disse que todos confessaram envolvimento nos saques.

Cinco amigos foram presos na segunda-feira (5) suspeitos de integrar um grupo que hackeou contas bancárias e desviou R$ 126 mil de dois correntistas, sendo um de Goiás e outro de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, eles confessaram participação no esquema.


O G1 não conseguiu localizar a defesa dos suspeitos até a última atualização desta reportagem.

Dois dos suspeitos foram presos em flagrante saindo de uma agência bancária do Setor Urias Magalhães, em Goiânia, depois de receberem R$ 42 mil da conta do correntista de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

“Tomamos conhecimento das movimentações e começamos as diligências para identificar as contas que receberam os valores e os responsáveis pelos saques. Prendemos dois deles, e eles entregaram os outros três indivíduos que também estavam com parte do dinheiro”, disse o delegado Fábio Meireles, responsável pelo caso.

De acordo com o investigador, na semana passada, um morador de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, descobriu que R$ 84 mil haviam sido sacados de sua conta bancária, sem o seu conhecimento, em uma agência na capital. Assim, ele acionou o banco.
O delegado explicou que nenhum dos detidos invadia as contas. “Um deles era quem captava os titulares das contas em que o dinheiro seria transferido. Dois deles eram titulares de conta. Outros dois os acompanharam até a agencia”, detalhou Meireles.
 
Os policiais continuam com as investigações para identificar quem era o responsável por hackear as contas e se mais pessoas participavam do esquema. Os envolvidos devem responder por furto qualificado e associação criminosa.
Segundo Fábio, os suspeitos estavam com R$ 32 mil em espécie. O restante do dinheiro furtado já tinha sido transferido para contas da quadrilha, mas o próprio banco conseguiu bloquear as quantias e devolvê-las aos clientes que foram lesados. 
Peba que sai do buraco no Goiás vai em cana na certa.

Fonte: TV CMN




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 6500595
Usuários Online: 148
Copyright (c) 2019 - Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros