Google Analytics Google Analytics
Domingo, 24 de Março de 2019
SAUDOSISMO NO FUTEBOL - COLUNA DO VIDAL

SAUDOSISMO

Publicada em 30/10/18 às 16:12h - 113 visualizações

por Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:
























               Telê Santana                       Fio de Esperança


Nascimento: Telê Santana da Silva nasceu no dia 26 de julho de 1931, na Cidade de Itabirito no interior do Estado de Minas Gerais.

Resumo histórico da carreira: Telê foi um vencedor no futebol como jogador e treinador. Em 1945, ainda muito jovem, começou a jogar futebol no Itabirense E.C., de onde foi levado para atuar nas categorias de base no América Recreativo de São João Del Rei - MG, clube em que seu pai era técnico e presidente. Foi no Juvenil do América Recreativo que seu futebol começou a se destacar. O Sr. Aminthas Novaes, gerente do Banco do Brasil da Agência de São João Del Rey, viu naquele garoto um novo talento do futebol. Em 1949, usando de sua influência, encaminhou o jovem para realizar testes no Fluminense do Rio de Janeiro. Telê foi aprovado pela Comissão Técnica de futebol do time tricolor carioca. Em 1950 conquistou o título de Campeão Juvenil e foi promovido ao time principal ao fazer cinco gols em um jogo treino contra o Bonsucesso. Sua efetivação como jogador foi avalizada pelo Sr. João Coelho Neto, diretor de futebol, e por Preguinho, que era um ex-jogador de muito prestígio dentro das Laranjeiras. O famoso técnico Zezé Moreira notou em Telê uma disciplina tática em campo, o que o tornava um diferencial para a equipe. Já na posição de ponteiro direito, usando a camisa nº 7, conquistou o título de Campeão Carioca de 1951, marcando 2 gols na partida decisiva contra o Bangu A.C. Telê tinha um perfil diferenciado dos jogadores que atuavam como ponta-direita: não era um driblador como Garrincha, por exemplo. Telê era um guerreiro dentro de campo; quando seu time perdia a posse de bola, ajudava na marcação, onde era um exímio “ladrão de bola”. Era um jogador de poucas palavras e muito obediente e atencioso às orientações do técnico Zezé Moreira, comportamento que o acompanhou por toda sua carreira. Jogou 557 partidas como profissional e marcou 165 gols. Defendeu por 12 anos o Tricolor Carioca, recebendo passe livre em 1960. Telê tinha o apelido de “Fio de Esperança”, que recebeu após um concurso entre torcedores promovido pelo jornalista Mário Filho, diretor do Jornal dos Sports. Quem teve a ideia do concurso foi o dirigente tricolor, Sr. Benício Ferreira. Na época Telê tinha vários apelidos tidos como pejorativos: Fiapo, Tarzan das Laranjeiras, dentre outros, em função do seu corpo franzino. O diretor Benício achava que o jogador merecia algo mais honroso e deu ao amigo Mario Filho a ideia do concurso com o tema “Dê um slogan para Telê Santana e ganhe cinco mil cruzeiros”. No final do concurso, mais de quatro mil sugestões foram enviadas à redação do Jornal. Três leitores acabaram empatados em 1º lugar com as alcunhas: “El todas”, “Big Ben” e “Fio de Esperança”, sendo que a última sugestão caiu nas graças dos tricolores. Telê saiu do clube decepcionado, dando prosseguimento a sua carreira de jogador no Guarani de Campinas do interior de São Paulo, onde permaneceu até 1962. Retornou ao Rio de Janeiro e jogou no Madureira.  Já com a carreira encerrada, a pedido do seu amigo e técnico de futebol Zezé Moreira, voltou aos gramados, dessa vez para defender o Vasco da Gama, onde definitivamente pendurou as chuteiras. Telê teve ainda uma carreira brilhante como treinador de futebol e fez muito sucesso, principalmente no São Paulo e na Seleção Brasileira.


.                                Início Juvenil            Profissional

                                   C:\Users\Casa\Desktop\8dba5e_571bc55d5a984a80b47931bc664f3e9a.png_srz_164_160_85_22_0.50_1.20_0.00_png_srz      C:\Users\Casa\Desktop\11149469_664513813677540_2407480963428489197_n.jpg    C:\Users\Casa\Desktop\Escudo_Reflexo.jpg

                       Itabirense E. C. América Recreativo  Fluminense F.C.


Clubes em que atuou como Jogador

Fluminense

Guarani

Madureira

Vasco da Gama

C:\Users\Casa\Desktop\cb_fluminense-rj-1.gif

C:\Users\Casa\Desktop\cb_guarani-sp-2.gif

C:\Users\Casa\Desktop\cb_madureira-rj-4.gif

C:\Users\Casa\Desktop\vasco_60x60.png

1951 a 1960

1960 a 1962

1962

1962 a 1963


Principais títulos conquistados como Jogador

Clube

Competição

Ano

Local

C:\Users\Casa\Desktop\cb_fluminense-rj-1.gifFluminense

Campeonato Carioca

1951 e 1959

Rio de Janeiro

Torneio Rio São Paulo

1957 e 1960

RJ e SP

                                       

Falecimento: Telê Santana faleceu no dia 21 de abril de 2006, aos 74 anos, na cidade de Belo Horizonte, vítima de falência múltipla dos órgãos.

Coluna do Vidal



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 6393386
Usuários Online: 107
Copyright (c) 2019 - Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros