Google Analytics Google Analytics
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018
Saudosismo no futebol

SAUDOSISMO

Publicada em 30/10/18 às 16:12h - 57 visualizações

por Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:
























               Telê Santana                       Fio de Esperança


Nascimento: Telê Santana da Silva nasceu no dia 26 de julho de 1931, na Cidade de Itabirito no interior do Estado de Minas Gerais.

Resumo histórico da carreira: Telê foi um vencedor no futebol como jogador e treinador. Em 1945, ainda muito jovem, começou a jogar futebol no Itabirense E.C., de onde foi levado para atuar nas categorias de base no América Recreativo de São João Del Rei - MG, clube em que seu pai era técnico e presidente. Foi no Juvenil do América Recreativo que seu futebol começou a se destacar. O Sr. Aminthas Novaes, gerente do Banco do Brasil da Agência de São João Del Rey, viu naquele garoto um novo talento do futebol. Em 1949, usando de sua influência, encaminhou o jovem para realizar testes no Fluminense do Rio de Janeiro. Telê foi aprovado pela Comissão Técnica de futebol do time tricolor carioca. Em 1950 conquistou o título de Campeão Juvenil e foi promovido ao time principal ao fazer cinco gols em um jogo treino contra o Bonsucesso. Sua efetivação como jogador foi avalizada pelo Sr. João Coelho Neto, diretor de futebol, e por Preguinho, que era um ex-jogador de muito prestígio dentro das Laranjeiras. O famoso técnico Zezé Moreira notou em Telê uma disciplina tática em campo, o que o tornava um diferencial para a equipe. Já na posição de ponteiro direito, usando a camisa nº 7, conquistou o título de Campeão Carioca de 1951, marcando 2 gols na partida decisiva contra o Bangu A.C. Telê tinha um perfil diferenciado dos jogadores que atuavam como ponta-direita: não era um driblador como Garrincha, por exemplo. Telê era um guerreiro dentro de campo; quando seu time perdia a posse de bola, ajudava na marcação, onde era um exímio “ladrão de bola”. Era um jogador de poucas palavras e muito obediente e atencioso às orientações do técnico Zezé Moreira, comportamento que o acompanhou por toda sua carreira. Jogou 557 partidas como profissional e marcou 165 gols. Defendeu por 12 anos o Tricolor Carioca, recebendo passe livre em 1960. Telê tinha o apelido de “Fio de Esperança”, que recebeu após um concurso entre torcedores promovido pelo jornalista Mário Filho, diretor do Jornal dos Sports. Quem teve a ideia do concurso foi o dirigente tricolor, Sr. Benício Ferreira. Na época Telê tinha vários apelidos tidos como pejorativos: Fiapo, Tarzan das Laranjeiras, dentre outros, em função do seu corpo franzino. O diretor Benício achava que o jogador merecia algo mais honroso e deu ao amigo Mario Filho a ideia do concurso com o tema “Dê um slogan para Telê Santana e ganhe cinco mil cruzeiros”. No final do concurso, mais de quatro mil sugestões foram enviadas à redação do Jornal. Três leitores acabaram empatados em 1º lugar com as alcunhas: “El todas”, “Big Ben” e “Fio de Esperança”, sendo que a última sugestão caiu nas graças dos tricolores. Telê saiu do clube decepcionado, dando prosseguimento a sua carreira de jogador no Guarani de Campinas do interior de São Paulo, onde permaneceu até 1962. Retornou ao Rio de Janeiro e jogou no Madureira.  Já com a carreira encerrada, a pedido do seu amigo e técnico de futebol Zezé Moreira, voltou aos gramados, dessa vez para defender o Vasco da Gama, onde definitivamente pendurou as chuteiras. Telê teve ainda uma carreira brilhante como treinador de futebol e fez muito sucesso, principalmente no São Paulo e na Seleção Brasileira.


.                                Início Juvenil            Profissional

                                   C:\Users\Casa\Desktop\8dba5e_571bc55d5a984a80b47931bc664f3e9a.png_srz_164_160_85_22_0.50_1.20_0.00_png_srz      C:\Users\Casa\Desktop\11149469_664513813677540_2407480963428489197_n.jpg    C:\Users\Casa\Desktop\Escudo_Reflexo.jpg

                       Itabirense E. C. América Recreativo  Fluminense F.C.


Clubes em que atuou como Jogador

Fluminense

Guarani

Madureira

Vasco da Gama

C:\Users\Casa\Desktop\cb_fluminense-rj-1.gif

C:\Users\Casa\Desktop\cb_guarani-sp-2.gif

C:\Users\Casa\Desktop\cb_madureira-rj-4.gif

C:\Users\Casa\Desktop\vasco_60x60.png

1951 a 1960

1960 a 1962

1962

1962 a 1963


Principais títulos conquistados como Jogador

Clube

Competição

Ano

Local

C:\Users\Casa\Desktop\cb_fluminense-rj-1.gifFluminense

Campeonato Carioca

1951 e 1959

Rio de Janeiro

Torneio Rio São Paulo

1957 e 1960

RJ e SP

                                       

Falecimento: Telê Santana faleceu no dia 21 de abril de 2006, aos 74 anos, na cidade de Belo Horizonte, vítima de falência múltipla dos órgãos.

Coluna do Vidal



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 5766175
Usuários Online: 484
Copyright (c) 2018 - Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros