Nascimento: Agustín Valido nasceu no dia 31 de janeiro de 1914 na Cidade de Buenos Aires, capital da Argentina.

                                                                                                                                          

Resumo histórico da carreira do jogador: Hoje estamos vendo o grande número de jogadores de outras nacionalidades contratados por clubes brasileiros. Porém, isso não é uma novidade; já tivemos grandes jogadores estrangeiros atuando no nosso futebol. Valido veio do Boca Juniors da Argentina para fazer história no CR Flamengo. Embora não tenha sido o grande nome do time, fez muito sucesso com a camisa rubro-negra. Agustín Valido foi campeão pelo C.R. Flamengo em 1939 e participou do 1º tricampeonato carioca em 1944. O time rubro negro, naquela época, tinha em seu elenco jogadores famosos: Modesto Bría (Paraguaio), Pirilo, Vevé, Perácio e Zizinho. O herói daquele tricampeonato, entretanto, não foi nenhum desses craques citados, mas um atacante argentino, Agustín Valido, já com 35 anos, que pendurara as chuteiras, tornando-se um próspero industrial no Rio de Janeiro. Apesar de ser torcedor fanático do Flamengo, já não mais pensava em jogar futebol. Mas dois anos depois, faltando dois jogos para o fim do campeonato carioca de 1944, Valido deu um pulinho na Gávea para estimular os antigos companheiros de clube. Naquela semana, o Flamengo tinha o Fluminense pela frente, e depois jogaria o último jogo contra o Vasco. Flávio Costa, treinador rubro-negro, estava com dificuldade para armar o ataque do time. Com a entrada do Brasil na II Guerra Mundial, o jogador Perácio fora servir a Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália, e seu reserva  imediato, Tião, não inspirava muita confiança ao técnico flamenguista. Pirilo, com uma inflamação pubiana, não estava em condição de jogo. Então, Flávio Costa, surpreendentemente, convidou Valido, com 37 anos, a voltar ao time e Valido aceitou depois de 2 anos inativo. Entrou em campo no dia 22 de outubro de 1944 e ajudou a construir a expressiva vitória do Flamengo sobre o Fluminense por 6 X 1. Entretanto, o esforço na partida anterior deixou Valido quase incapaz de andar. No meio da semana seguinte pegou um resfriado que o deixou acamado, mas faltava a partida contra o Vasco da Gama. Flávio Costa, famoso por sua teimosia e pelo seu conhecimento de futebol, não abriu mão da presença do argentino. E assim, no dia 29 de outubro de 1944, com 39 graus de febre, Valido foi jogar a decisão do campeonato. Durante quase todo o jogo, apenas fez número na ponta direita do ataque flamenguista. Era como se o time estivesse com 10 jogadores em campo. Aos 4 minutos do final do jogo, houve uma falta a favor do Flamengo. Vevé cruzou na área adversária e, no meio de um bolo de jogadores, o quase moribundo Valido saltou mais alto do que o zagueiro Argemiro e cabeceou para o fundo da rede vascaína. Flamengo 1 X 0. E era o gol do tricampeonato. Esse gol de Valido até hoje é contestado pelos vascaínos, que alegam que o atacante se apoiou nas costas do zagueiro Argemiro ao realizar o cabeceio. Ary Barroso, compositor, narrador de futebol e flamenguista declarado, foi o único rubro-negro a lhes dar razão: “Valido se escorou, sim. E teria sido melhor ainda se estivesse impedido e feito o gol com a mão”. Outra famosa declaração sobre esse assunto foi a do escritor modernista José Lins do Rego, outro flamenguista alucinado, que escreveu: “O tri do Flamengo é mais importante para o Brasil do que a batalha de Stalingrado”, fazendo referência à batalha Russa que tinha terminado em fevereiro do ano anterior ao campeonato. Apesar de não ter sido um craque no Flamengo, como Zizinho, Valido certamente deixou seu nome na história do clube. 


Principais títulos conquistados por Augustin Valido

Clube

Competição

Ano

Local

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\Escudo_del_Club_Atlético_Boca_Juniors.svg.png

Boca Juniors

Campeonato Argentino

1934

Bueno Aires

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\2000px-Flamengo_braz_logo.svg.png

Flamengo

Taça da Paz

1937


Rio de Janeiro

Campeonato Carioca

1939, 1942, 1943, e 1944.

Torneio Relâmpago RJ

1943


       Em pé: Volante, Biguá, Domingos da Guia, Jurandyr Newton e Jaime.

       Agachados: Valido, Zizinho, Sylvio Pirilo, Perácio e Vevé.


Aposentadoria: Agustin Valido encerrou a carreira de jogador de futebol em 1943.


Coluna do Vidal