Paulo Ricardo Silva e equipe do Iges-DF visitaram o Hospital de Base, de ponta a ponta, para identificar gargalos definir quais medidas serão tomadas. Foto: Divulgação/Iges-DF

Gestor visitou todas as áreas da unidade, elogiou a organização, mas destacou que investimentos são necessários 

O diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Paulo Ricardo Silva, fez, neste sábado (3), em seu primeiro final de semana à frente do órgão, uma visita técnica ao Hospital de Base, a principal unidade da rede pública de saúde do DF. O objetivo foi fazer uma inspeção para verificar como está o atendimento, a infraestrutura e equipamentos para atender a população.   

“Visitamos o hospital todo, de ponta a ponta, para identificar gargalos. Conversamos com os trabalhadores e pacientes. Verificamos diversas questões para ter um panorama e definir quais medidas vamos tomar”, ressaltou o gestor, que estava acompanhado do chefe de Gabinete, Washington Carlos Ribeiro Soares. 

Paulo Ricardo Silva ressaltou que gostou das condições do hospital, que está muito limpo e organizado. “Médicos, enfermeiros, recepcionistas, pessoal do almoxarifado e todos os profissionais estão muito motivados e demostrando orgulho por estarem nesse hospital, que é imenso”, disse.

O diretor-presidente destacou que o HB, responsável por atender casos de média e alta complexidade, possui grandes desafios também por ser referência nacional, bem como por ser um hospital-escola com residência em pleno funcionamento para capacitar estudantes e onde são desenvolvidas pesquisas. 

“Essa é a nossa primeira análise e saímos cientes de algumas necessidades como melhorias na infraestrutura, mas convictos de que vamos aperfeiçoar. O Hospital de Base atende todo o Brasil e merece investimentos do governo local, federal e da iniciativa privada com parcerias que podem ser implementadas para melhorar ainda mais os nossos serviços”, finalizou. 

O diretor-presidente destacou que continuará fazendo visitas em todas as unidades e que vai acompanhar de perto o desenvolvimento de todas as ações que vão refletir na melhoria da qualidade do atendimento. Com informações do Iges-DF.