Acordo de cooperação técnica pretende reaquecer o Turismo de Negócios

Brasília ocupa a 4ª posição das cidades brasileiras que mais sediaram congressos e eventos corporativos em 2019

[cid:54a66c58-7b22-496c-8be0-bfd4038573a6]

A Secretaria de Turismo do Distrito Federal e o Brasília e Região Convention & Visitors Bureau assinaram, nesta quinta-feira (29/10), no hotel Windsor Plaza, o acordo de cooperação técnica “Brasília Capital de Todos os Eventos”. A ideia é promover a excelência e a qualificação da Capital Federal como um destino turístico, nacional e internacional. O termo de cooperação prevê a criação de um plano de trabalho e o desenvolvimento de ações conjuntas para captação e promoção de eventos corporativos e de negócios.

Esse segmento, de acordo com o Ministério do Turismo (MTur), está entre os setores prioritários para a expansão dessa indústria no país. Segundo estudo da Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA) de 2019, o Brasil é um dos 20 destinos mais procurados no mundo para a realização de eventos corporativos. No país, a Capital Federal é a quarta cidade que mais sediou eventos.

Presidente do Brasília e Região Convention and Visitors Bureau, Cláudia Maldonado, destacou os diferenciais do Distrito Federal para atrair esse turista, como a conectividade, o planejamento da cidade - símbolo da arquitetura moderna -, a segurança e a facilidade. “É muito mais barato fazer eventos aqui, não só porque somos hub, mas temos todas as autoridades e organismos internacionais.”

Maldonado ressaltou ainda a importância do Turismo Corporativo para a rápida retomada econômica e citou o estudo da NewSense. O levantamento mostra que, em 2019, o volume de negócios gerados por eventos e feiras desse segmento faturou R$ 305 bilhões, representando 4,6% do PIB nacional.

No DF, em 2019, os 14 eventos nacionais e internacionais de médio a grande porte captados e os 61 apoiados geraram impacto econômico de mais de R$134 milhões. Em 2020, mesmo com as medidas para contenção da pandemia, foram captados três grandes eventos para Brasília e foi concedido apoio institucional a outros 17 – como a Casa Cor e o Rally dos Sertões.

Na avaliação da Secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, a assinatura do acordo de cooperação é um passo importante para consolidar a posição de destaque que o DF vem assumindo como um dos destinos turísticos mais diversificados e interessantes no país. “A Capital Federal oferece uma infraestrutura invejável totalmente vocacionada para o turismo. Dispõe de um sistema de mobilidade urbana que permite deslocamentos rápidos a todos os pontos da cidade. Conta com uma gastronomia de padrão internacional, serviços de hotelaria e espaços para grandes eventos com bons serviços e equipamentos de ponta de alta qualidade."

Segundo Vanessa Mendonça, esse convênio também une os principais organizadores de eventos do país e agrega valor para o fortalecimento e desenvolvimento do turismo, setor que envolve 52 segmentos econômicos e é responsável por um em cada cinco empregos no mundo. Dados do Mtur mostram que o gasto do turista nacional em viagem de negócios ou corporativa é 50% maior que o de quem viaja por lazer. Por exemplo, a realização de um Congresso Brasileiro de Cardiologia, com quatro dias de duração e mil participantes, geraria um impacto econômico de mais de R$ 23,6 milhões.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Henrique Severien, que assinou o acordo como testemunha, destacou as ações do GDF para auxiliar o turismo nesse momento crítico para a economia, como o programa de hospedagem para profissionais da saúde e para idosos, além do recente auxílio emergencial para o setor de receptivo. "Nesse momento, é muito interessante ver esse termo de cooperação sendo firmado porque traz um foco especial para a nossa vocação natural. O importante é que se crie uma condição sustentável sob todos os pontos de vista - social, ambiental e, sobretudo, econômico."

Já a Secretária de Esporte, a deputada Celina Leão, lembrou as ações da gestão do governador Ibaneis Rocha neste momento delicado para o setor turístico. Ela se colocou a disposição para trabalhar um calendário esportivo estratégico, de forma a ampliar a captação de eventos e diversificar ainda mais o potencial da cidade como destino turístico multifacetado.

A Diretora Técnica do Sebrae/DF, Rose Rainha, também integrou a mesa. A cerimônia para assinatura do termo de cooperação contou com a participação de dirigentes das associações e empresas que compõem o trade turístico.

Por Carlindo Medeiros Jornalista, com informações da SETUR/DF