Foto da internet da Sede da Secretaria de Saúde do DF

Foi publicado na tarde desta ultima segunda-feira (14) em edição extra do Diário Oficial do DF, a exoneração do secretário de saúde Francisco Araújo, bem como dos demais integrantes da alta cúpula da SES-DF, envolvida na operação Falso Negativo.

Além de Francisco Araújo, o chefe do Executivo decidiu exonerar Eduardo Hage Carmo do cargo de subsecretário de Vigilância à Saúde; Ramon Santana, de assessor especial da pasta; Eduardo Seara Pojo do Rego, de secretário-adjunto de Gestão em Saúde; Iohan Struck, do cargo de subsecretário de Administração Geral. Com exceção de Iohan Struck, considerado foragido pelos investigadores, os demais estão presos no Complexo Penitenciário da Papuda.

Também foram alvos da canetada do chefe do Executivo Ronan Pereira Lima, diretor do Fundo de Saúde do DF; Erika Mesquita Teixeira, gerente de Aquisições Especiais da pasta e, ainda, Emanuel de Oliveira Carneiro, diretor de Aquisições Especiais. Eles foram denunciados à Justiça por integrarem o suposto esquema.

O atualmente a frente da secretário o senhor, Osnei Okumoto.

Com informações e colaboração do site Agenda Capital