No domingo (13), policiais da 4ª DP deflagraram a Operação Heróstrato e prenderam, em flagrante, um homem, de 62 anos, que havia incendiado as casas da ex-esposa dele e de um dos filhos, ambas situadas no Guará, fatos ocorridos durante a madrugada de sábado para domingo.

O autor foi localizado pelos policiais da 4ª DP no Riacho Fundo, quando estava chegando na casa de um outro filho do casal.

Não havia ninguém nas casas no momento dos incêndios e nenhuma pessoa ficou ferida.
Ambos incêndios foram controlados pelos bombeiros.

Segundo apurado, o autor teria incendiado a casa da ex-esposa por não ter ficado satisfeito com o resultado da separação do casal e teria incendiado a casa do filho por ele ter ficado ao lado da mãe durante a separação.

Durante os crimes, o autor realizou chamadas de vídeo para um dos filhos do casal, mostrando que estava colocando fogo nas casas das vítimas.

O autor foi autuado pelos crimes de incêndio circunstanciado e, caso condenado pode pegar de três a seis anos de prisão por cada um dos crimes praticados, acrescidos do aumento de 1/3 por ter sido praticado em casa destinada à habitação.

*Heróstrato foi um incendiário grego, responsável pela destruição do templo de Ártemis em Éfeso, na atual Turquia, em 21 de julho do ano 356 A.C.

Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação