Encontro com produtores de vinho, que aconteceu neste sábado, dá início ao turismo de experiência enogastronômica, valorizando não apenas o turismo, mas também produtos locais.

Durante o sábado (8), a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, participou de encontro com produtores rurais que apresentaram o Vinícola Brasília. A junção de 10 empreendimentos localizados no Projeto de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), além de produzir vinhos, abre caminho para o turismo de experiência e agrega serviços de gastronomia, hotelaria e cria muitos pontos de negócio. 

A iniciativa do Vinícola Brasília surgiu em 2017 numa conversa informal entre amigos produtores. Desde então as 10 famílias que fazem parte do projeto investem em estrutura, tecnologias, melhores modelos de negócio e equipamentos de ponta para produzirem vinhos e experiências de qualidade. Serão 11 rótulos: 01 para cada propriedade e 01 com o blend entre todas as uvas. Com clima propício para a dupla poda e colheita de inverno, a intenção é desenvolver ainda mais a região por meio de um produto de altíssimo valor agregado, que são os vinhos finos de inverno e do turismo, uma das atividades econômicas que movimenta bilhões anualmente em todo o mundo.   

Participaram do evento representantes de órgãos e instituições cruciais para a consolidação do projeto: a deputada federal Bia Kicis - Presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio e da Agricultura Familiar;  o subsecretário de Desenvolvimento Rural, Odilon Oliveira Júnior; a coordenadora-geral de Apoio à Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Liziane Ferreira; o superintendente federal da Agricultura, William Barbosa, acompanhado de Carlos Alberto e Luís Cláudio; a diretora do SEBRAE, Rose Rainha; Patrícia Rego e Lígia Meirelles, da Associação de Comércio do Distrito Federal (ACDF); Luís Curado, da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, além da própria Secretária de Turismo, Vanessa Mendonça. 

“Nasce em Brasília um segmento turístico que movimenta milhares de pessoas pelo mundo: o Enoturismo. Um legado sem precedente para o Turismo de Brasília e uma perspectiva excelente para a cadeia produtiva do turismo”, destacou a Secretária Vanessa. 

Ela ainda acrescentou: “Esse tipo de empreendimento, que associa turismo, degustação e hospitalidade, em meio à uma região produtiva, é a realização de um sonho que começou em 1883, com a visão de Dom Bosco, quando entre os graus 15 e 20 havia em uma enseada plana, uma terra prometida onde nasceria mel, leite e agora vinho. Aos 60 anos, Brasília inaugura uma nova era”.

 A apresentação do projeto Vinícola Brasília teve início no auditório da AgroBrasília e contou com a abertura do Presidente da Coopa - DF, José Guilherme Brenner.  Para ele, “o Vinícola Brasília não vai apenas produzir vinho, mas também criar postos de trabalho e ampliar o  ambiente de negócios. Além do plantio das uvas, muitos empreendimentos já recebem visitação aos vinhedos, degustação e hospedagens”. Brenner disse ainda que a união dos produtores baixou os custos de produção e favoreceu o acesso ao crédito. 

Em seguida, a comitiva visitou a Fazenda Ercoara, que além da criação de cordeiros, cabras e o plantio de uva syrah, desenvolveu, desde o ano passado, a visitação com degustação de produtos produzidos na própria fazenda e na região. A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, conversou com o proprietário Erbert Correia, que adaptou seus serviços e toda a sua programação para respeitar os protocolos sanitários de prevenção à contaminação do coronavírus. 

“Juntamente com o Erbert, temos outros nove empresários que estão criando um polo produtor de vinhos em Brasília, como nunca aconteceu. As pessoas chegam de manhã e podem ficar na fazenda até o final do dia, com toda a segurança e cuidados”, apontou Vanessa Mendonça.

A segunda parada foi na Fazenda Casa Vitor, onde o proprietário planta, além da uva syrah, as uvas pinot grigio e pinot noir.

“Aqui nas minhas terras, além de cultivarmos as uvas que farão parte do nosso rótulo de vinho, produzimos ainda verduras e legumes orgânicos e vamos iniciar o turismo com a possibilidade de receber famílias que buscam contato com a vida rural”, disse Carlos Vitor.

A última parada foi na Villa Triacca Eco Pousada, onde, segundo o proprietário Ronaldo Triacca, já existem produção de vinho da uva syrah e plantio das uvas sangiovese e nebiolo. 

“Na Villa Triacca e nos outros nove empreendimentos, nos especializamos na produção de vinho de duas podas. Dessa forma, fazemos a colheita no período da seca, quando a uva não absorve água e possui maior concentração de açúcar, o que favorece a produção do vinho e eleva a qualidade da bebida”, explicou Triacca.

Para Willian Barbosa, superintendente federal de Agricultura, o projeto fortalece a fruticultura, desenvolve a região e eleva o Distrito Federal no agronegócio brasileiro. “Brasília abre nova frente de negócios com a Vinícola Brasília, que cria mais empregos e fortalece a agricultura local”, disse ele. 

Ao final do encontro a deputada federal Bias Kicis destacou a importância da parceria entre o agronegócio e o turismo de experiência.

“A parceria do agronegócio e do turismo de experiência já existe em outros lugares do mundo e o Brasil ainda é carente neste ponto. Devemos voltar nosso olhar para a promoção desse produto. Eu acredito que o agronegócio e o turismo formem um casamento que dá muito certo”, conclui Bia Kicis.

A secretária de Turismo do Distrito Federal destacou que a ação empreendedora da Vinícola Brasília, além de ter unido dez produtores de uva, possibilitou o incremento da atividade turística com geração de empregos. “Temos aqui uma perspectiva muito ampla de atuação, não apenas em turismo, mas também em negócios onde esses empresários criaram um divisor de águas na geração de empregos e investimento”.


Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Turismo do Distrito Federal - Setur-DF
Centro de Convenções Ulysses Guimarães - Ala Sul, 
1º Andar, Eixo Monumental, Brasília/DF
+5561981311122
ascom@setur.df.gov.br
http://www.turismo.df.gov.br