A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Formosa, após receber “denúncia anônima”, na tarde dessa segunda-feira (24), referente a criação ilegal de animais em cativeiro na região, empreendeu diligências no intuito de confirmar o alegado. No local dos fatos, a equipe policial se deparou com vários pássaros da fauna silvestre criados ilegalmente em cativeiro. Diante disso, o responsável pelos animais foi autuado pelo crime previsto no art. 29 da Lei dos Crimes Ambientais. Ele pode responder a uma pena de detenção de 6 meses a 1, caso seja condenado.

Fonte:  Polícia Civil de Goiás