No início da noite de segunda-feira (10), policiais da 4ª DP deflagraram a Operação Pablo e prenderam em flagrante pelo crime de tráfico de drogas um peruano de 34 anos de idade. O autor foi preso no apartamento dele, situado na QE 40 do Guará II, logo depois de vender uma porção de maconha para um usuário.

Em buscas no imóvel, os policiais encontraram outras porções de maconha, já embaladas para a venda, cerca de R$ 3,8 mil, em espécie, uma balança de precisão, quatro aparelhos de telefone celular e uma faca, utilizada para fracionar as porções de droga.
O autor possuía quatro denúncias anônimas contra ele e é apontado como sendo um dos maiores traficantes de maconha comercial do Guará, tida como mais barata e com menos THC do que a versão gourmet. Ele estava em liberdade provisória e tem passagens pelos crimes de tráfico e furto.
A denominação da operação teve como inspiração a música Faroeste Cabloco escrita por Renato Russo e imortalizada pela banda Legião Urbana: “... um peruano que vivia na Bolívia e muitas coisas trazia de lá. Seu nome era Pablo e ele dizia que um negócio ele ia começar...”.
Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação