A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), em conjunto com o Grupo Especial de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Itumbiara e a Delegacia Regional de Ituiutaba (da PC-MG), dando continuidade ao trabalho investigativo relacionado a uma tentativa de latrocínio ocorrida no dia 12 de julho último, na zona rural de Itumbiara, onde, no início da semana passada, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, realizou, na última sexta-feira (24), após incansáveis diligências, a apreensão de 33 cabeças de gado, entre vacas, garrotes e bezerros.

Os semoventes foram encontrados na zona rural da região do Campo Alegre, na cidade mineira de Ituiutaba. A investigação policial aponta pelo menos quatro suspeitos de receptação qualificada dos semoventes. Durante as diligências, as equipes conseguiram tomar o depoimento de uma nova testemunha, a qual reafirmou que os envolvidos retiraram o gado na fazenda de um advogado preso no início da semana passada.

O gado foi restituído às vítimas e as as investigações seguem no sentido de recuperar o restante das reses roubadas e indiciar os autores do crime conforme suas respectivas condutas.

Fonte: Polícia Civil de Goiás