A Polícia Civil do DF – PCDF, por meio da 14ª DP, deflagrou a Operação Bancarrota e prendeu, em flagrante, um homem, de 22 anos, pelo crime de tráfico de drogas. A ação foi realizada na noite de terça-feira (21), no Setor Leste do Gama. 

Conforme apurado, o autuado se passava por empreendedor de sucesso no ramo do delivery. De acordo com as investigações, que duraram aproximadamente cinco meses, o homem se dedicava à comercialização de drogas – maconha, crack e rohypnol.

Por acreditar que estava ocultando a atividade criminosa das autoridades policiais, ele investiu na aquisição de motocicletas e diversos apetrechos para simular que se tratava de um jovem empreendedor do ramo de entrega de comidas em domicílio. Organizou, inclusive, uma central de distribuição de entregas no Setor Leste do Gama, de onde partiam, na verdade, após acionamentos realizados por um call center clandestino, diversas entregas de entorpecentes para domicílios situados em toda a região administrativa do Gama.

Além disso, o autuado estruturou a sede do estabelecimento clandestino dentro de um imóvel em que mandou energizar todos os portões de acesso, para que, caso algum inimigo tentasse adentrar o local, recebesse forte choque elétrico.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do autuado, diversas porções de maconha, crack, rohypnol, dinheiro em espécie, bem como uma das motocicletas utilizadas no crime.

O homem foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e, se condenado, poderá receber uma pena que varia entre cinco e 15 anos de prisão.

Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
#PCDFAgora
PCDF, excelência na investigação