A OAB Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) firmaram, na última segunda-feira (8), uma parceria para instituir a Biblioteca Básica do Advogado. A iniciativa oferecerá a toda advocacia brasileira acesso gratuito às obras importantes da doutrina jurídica nacional.

Para a montagem do acervo, será solicitada a diretores de importantes faculdades de Direito do país a lista de obras recomendadas nas mais diversas disciplinas jurídicas para a respectiva publicação nas páginas eletrônicas da OAB e do STF.

O responsável pela biblioteca no âmbito da OAB será o presidente da OAB Editora, José Roberto de Castro Neves, enquanto a ministra Ellen Gracie – por indicação do presidente do STF, ministro Dias Toffoli – representará o Supremo no projeto. 

A Ordem compreende que a Biblioteca Básica do Advogado abrirá oportunidades ao promover o acesso à literatura jurídica, com estímulo à disseminação da cultura. Para a entidade, diante da pandemia da Covid-19 que assola o Brasil, bem como da necessidade de isolamento social, o projeto se revela ainda mais oportuno.

Fonte: https://www.oab.org.br/