A Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da Coordenação de Repressão às Drogas – Cord/PCDF, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão em apartamento de Águas Claras, residência de empresário considerado grande traficante de drogas sintéticas daquela região administrativa.

O empresário possuía amplo acesso aos maiores eventos do Distrito Federal, disponibilizava convites a pessoas do círculo dele e aproveitava-se dessa circunstância para vender entorpecentes nas festas.

Após o isolamento social determinado pelo poder público para mitigar a proliferação da pandemia da COVID-19, o investigado passou a promover festas privadas em chácara localizada na região do Lago Oeste, Sobradinho/DF, frequentadas por pessoas de alto poder aquisitivo, e onde fornecia drogas sintéticas.

Durante o cumprimento à ordem judicial foi apreendida grande quantidade de drogas: MDMA, ecstasy, lança-perfume e loló, bem como a quantia de R$ 14 mil, em dinheiro, proveniente do tráfico de drogas.

Assessoria de Comunicação – Ascom
#PCDFagora
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação