A Polícia Civil do DF, por intermédio da Coordenação de Repressão a Crimes Patrimoniais – Corpatri, deflagrou na tarde de quinta-feira (25), a Operação Kleftis (ladrão em grego) para desarticular grupo criminoso que furtava diversos comércios do DF. 

A investigação começou com o furto a duas filiais de uma loja, no Jardim Botânico e em São Sebastião, no dia 23/04/20, cometido por seis integrantes. Conforme apurado, o grupo criminoso agia reiteradamente, realizando diversos furtos em comércio no Distrito Federal, principalmente em shoppings.

Dos sete integrantes, apenas uma mulher é primária e todos os outros possuem diversos antecedentes criminais – há 60 inquéritos policiais instaurados contra eles, por dezenas de furtos e roubos qualificados.

Cada integrante do grupo exercia uma função. Além das pessoas que pegavam os objetos, havia motoristas e pessoas que distraíam os funcionários e vendedores, entrando na frente e impedindo a visão ou fingindo fazer comprar.

Cinco pessoas foram presas no sábado (20), na QNN 5 de Ceilândia. Outras duas foram presas na ação de quinta-feira (25), também em Ceilândia, na QNM 21. Uma delas usava uma tornozeleira eletrônica, em razão de prisão anterior por furto.

Assessoria de Comunicação/DGPC
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação