Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
OCORRÊNCIAS POLICIAIS

5ª DP prende autor de latrocínio

Publicada em 12/02/18 as 19:00h - 14 visualizações

por Portal de Noticias - Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Portal de Noticias - Blog do Carlindo Medeiros)

Após dois meses de investigações, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu o suspeito de assassinar Arlon Fernando da Silva. O doutorando da Universidade de Brasília (UnB) morreu em 7 de dezembro de 2017, na ciclovia da S1 (Eixo Monumental), ao lado do Museu do Índio, em frente à Câmara Legislativa e perto do Palácio do Buriti. O autor do crime é Daniel Sousa de Andrade, 21 anos, conhecido como Scooby, segundo os investigadores.

Policiais civis encontraram Daniel por volta das 17h de ontem, na geladeira da casa onde o pai mora, no Itapoã. De acordo com o delegado Rogério Henrique de Oliveira, chefe da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), a instituição recebeu denúncias anônimas que levaram os agentes à região. "Foi um trabalho integrado. Quando (Daniel) percebeu a chegada dos policiais, ele se escondeu. O pai franqueou a entrada da polícia, mas os agentes iniciaram a busca na residência e localizaram o suspeito, que estava no interior da geladeira da residência. Ela estava ligada na tomada e sem as prateleiras", detalhou Rogério. Daniel se recusou a prestar depoimento na delegacia, ontem, e a dar entrevista aos jornalistas. Ele havia sido interrogado outras duas vezes e associado ao local onde o crime aconteceu, mas negou todas as acusações. Segundo o delegado responsável pelo caso, ele respondia às perguntas de forma "cínica e fria" durante os primeiros interrogatórios. "Ele é responsável por três outros inquéritos aqui na unidade. Todos os quatro crimes ocorreram nas proximidades do Museu do Índio, em horários semelhantes. Ele chegava às vítimas sem avisar, na tentativa de roubar as bicicletas delas. Foram esses outros casos que nos levaram ao suspeito", afirmou o delegado-chefe.

Em 15 de janeiro, as peças da bicicleta de Arlon foram encontradas no Itapoã, com Luiz Carlos dos Santos Ramos, 22 anos, um dos amigos de Daniel. Luiz Carlos não tinha antecedentes criminais e havia pagado R$ 500 pelas peças. Ele continua preso e deve responder pelo crime de receptação.

Divisão de Comunicação

Fonte: PCDF

Da redação do Portal do Blog do Carlindo MedeirosC:\Users\Carlindo\Downloads\Banner MIBE - Topo Radio.png




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
18/02/18 - OCORRÊNCIAS POLICIAIS PCDF prende casal em hotel
18/02/18 - OCORRÊNCIAS POLICIAIS Três mulheres são presas por tráfico de drogas






Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 4312516
Usuários Online: 624
Copyright (c) 2018 - Portal de Noticias - Blog do Carlindo Medeiros