Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

Saudosismo no Futebol
Publicada em 25/12/17 as 09:51h - 252 visualizações
Saudosismo

Portal do Blog do Carlindo Medeiros


Vavá


Hoje a Coluna Saudosismo contará fragmentos da história de um dos maiores atacantes do futebol brasileiro, o bicampeão  mundial Edvaldo Izídio Neto, o "Vavá".


Nascimento: Edvaldo Izídio Neto (Vavá),  nasceu no dia 12 de novembro de 1934, na Cidade de Recife - Pernambuco.


Início de Carreira: começou em 1948, nas categorias de base do América-PE, passando pelo IBIS e Sport Clube Recife.

                               C:\Users\Casa\Desktop\AmericaDoRecife.png                 C:\Users\Casa\Desktop\120px-Ibis_Sport_Club.svg.png              C:\Users\Casa\Desktop\120px-Sport_Club_do_Recife.png

                                América-PE                         Ibis                           Sport

Categoria de Base

Período

Clube

Local

1948

América de Pernambuco

Recife - PE

1948

Ibis

Paulista - PE

1949 a 1951

Sport Clube Recife

Recife - PE


O time do Sport Club Recife fazia seus treinamentos para os jogos do Campeonato Pernambucano na praia do Pina, conhecida pelos seus torcedores e jogadores como Praia do Sport. A atividade atraia adeptos, rivais e curiosos para ver os jogadores em ação. Em função do empenho, disposição e dedicação ao trabalho, o jogador Vavá recebeu o apelido de "Leão da Praia". Foi com essa preparação que o Sport se sagrou Campeão Estadual em 1949 e Bicampeão em 1950. Vavá já fazia parte do elenco do Leão da Ilha. Após o sucesso e a fama de artilheiro, o jogador pernambucano foi contratado pelo Vasco da Gama do Rio de Janeiro.

C:\Users\Casa\Desktop\Club_de_Regatas_Vasco_da_Gama.png         C:\Users\Casa\Desktop\Atlético_Madrid_logo.png           C:\Users\Casa\Desktop\Palmeiras_logo.svg.png                C:\Users\Casa\Desktop\120px-CLUBAMERICA.png                  C:\Users\Casa\Desktop\San_Diego_Toros_logo.png           C:\Users\Casa\Desktop\Associação_Atlética_Portuguesa.png                     

  Vasco      Atlét. Madrid    Palmeiras          América Mex.      San Diego Toros       Portuguesa

Profissionais

Período

Clube

Local

1952 a 1958

Vasco da Gama

Rio de Janeiro

1958 a 1961

Atlético de Madrid

Madrid - Espanha

1961 a 1964

Palmeiras

São Paulo

1964 a 1967

América do México

Cidade do México

1968

San Diego Toros

Estados Unidos

1969

Portuguesa Carioca

Rio de Janeiro


No Vasco da Gama: Vavá chegou ao Vasco em 1952, ainda muito jovem, contratado junto ao Sport Club Recife. No Sport atuava como meio campista, e no Clube de São Januário, por determinação do Técnico Gentil Cardoso, passou a atuar como centroavante, posição que o fez alcançar sucesso na carreira. Com apenas 17 anos, foi escalado para disputar uma partida decisiva contra Bangu A.C., pela penúltima rodada do Campeonato Carioca. O Vasco venceu por 2 X 1 e Vavá foi o autor do gol do título.


Na Seleção Olímpica: Vavá participou da Olimpíada de 1952, na Cidade de Helsinque na Finlândia. Participou de três jogos, tendo como resultado duas vitórias e uma derrota, marcando um gol na competição.


Na Seleção Brasileira: Vavá fez sua estreia na Seleção Canarinho em 15 de novembro de 1955, onde o Brasil venceu o Paraguai por 3 X 0 em partida válida pela Taça Osvaldo Cruz. Disputou as Copas do Mundo de 1958 e 1962, tornando-se bicampeão mundial


Copa do Mundo 1958 na Suécia: Pelas excelentes atuações realizadas na equipe do Vasco da Gama, foi convocado pelo Técnico Feola para disputar a Copa da Suécia. Em principio, parecia ter pouca chance no time titular. Vavá era reserva do atacante Mazzola. Com modificações feitas por Feola, Vavá entrou no time titular com Garricha e Pelé. O novo trio de atacantes teve importância decisiva na conquista da Copa. Participou do famoso time que venceu a Suécia por 5 X 2,  com os gols marcados por Vavá 02, Pelé 02 e Zagalo 01.  O time Campeão do mundo era formado por: Gilmar, Djalma Santos, Belline, Orlando e Nilton Santos; Zito e Didi; Garrincha, Pelé, Vavá e Zagalo.

Copa do Mundo 1962 no Chile: Vavá foi titular absoluto, voltou a brilhar como artilheiro. Na final Brasil 3 X 1 Tschecoslováquia, Vavá foi o autor do 3º gol, o que deu o 2º Título Mundial ao Brasil.


No Atlético de Madrid: Jogou quatro temporadas na Espanha e conquistou o título de campeão espanhol em 1966.


No Palmeiras: Participou da primeira Academia da história do Palmeiras. Foi Campeão Paulista em 1963, jogou 142 partidas, com 90 vitórias, 23 empates e 29 derrotas, e marcou 71 gols. Vavá permaneceu no Palmeiras marcando gols até 1965.


No exterior: Além do Atlético de Madrid, ainda jogou quatro temporadas no América do México e uma temporada no San Diego Toros dos Estados Unidos.


Na Portuguesa Carioca: Encerrou sua brilhante carreira no  time da Ilha do Governador.


Falecimento: Vavá faleceu em 19 de janeiro de 2002, aos 67 anos, na Cidade do Rio de Janeiro, vitima de infarto agudo do Miocárdio.


Coluna do Vidal
Da redação do Portal do Blog do Carlindo MedeirosC:\Users\Carlindo\Downloads\Banner MIBE - Topo Radio.png



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Estatísticas
Visitas: 4088079 Usuários Online: 201
Hora Certa
6199952-3515

No Ar
FLASHBACK NACIONAL E INTERNACIONAL.
Peça sua Música

  • bete
    Cidade: estrutural
    Música: fred mercule
  • null
    Cidade: null
    Música: null
  • leonardo
    Cidade: recanto das emas
    Música: dani
  • leonardo
    Cidade: recanto das emas
    Música: dani
  • leonardo
    Cidade: recanto das emas
    Música: como zaquel
  • Castelo
    Cidade: Santo Antônio do Descoberto -GO
    Música: Sertanejo universitário
Top Música
1
KLEYTON E KLEDIR
PAIXÃO
2
MEU AMOR SE MUDOR PRA LUA
PAULA TOLLER
3
CANÇÃO NOTURNA
SKANK
4
EU SÓ PENSO EM VOCÊ
KID ABELHA
5
TITÃS
É PRECISO SABER VIVER
6
ERA UM GAROTO OS ROLLING STONE
ENGENHEIROS DO HAWAI
7
DANIE
ELTON JONH
8
I STARTED A JOKE
BEE GEES
9
I' II BE THERE FOR YOU
JONH BOJI
10
SAMPA CREW
Nando Reis

Parceiros - Leitura indispensavel

Copyright (c) 2018 - Portal do Blog do Carlindo Medeiros - Todos os direitos reservados