Google AdSense Google Analytics Google AdSense Google AdSense
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018
Saudosismo no futebol

Saudosismo

Publicada em 08/08/18 às 19:03h - 125 visualizações

por Portal de Noticias - Blog do Carlindo Medeiros


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Marcial                 Sete de Setembro F.C.


Data de nascimento: Marcial de Mello Castro nasceu em 03 de junho de 1941, na cidade de Tupaciguara, no estado de Minas Gerais.

Resumo da carreira de atleta: Marcial iniciou sua carreira de jogador de futebol nas equipes de base do Sete de setembro F.C. Em seguida foi encaminhado ao Atlético Mineiro, onde assinou seu primeiro contrato profissional, reincidido após ter sido aprovado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde cursou Medicina.  Em junho de 1962, a convite do treinador Antoninho, voltou a exercer a profissão de goleiro no Clube Atlético Mineiro. Marcial teve uma brilhante carreira na posição de goleiro; jogava com muita segurança, defendendo o gol, tranquilo e às vezes frio nas tomadas de decisões. Na época, a posição de goleiro não desfrutava dos recursos dos dias de hoje. Ainda não existia treinador especifico para goleiros, departamento de fisiologia e tecnologia para estudar os adversários, principalmente nas disputas de pênaltis. Alguns grandes goleiros não utilizavam luvas, assessório indispensável para os arqueiros da atualidade. Mesmo assim, Marcial foi titular nos times que atuou em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, Seleção Mineira e Brasileira, sem perder de vista a Medicina. Na sua época de atuação, haviam poucas competições comparadas aos dias de hoje: os campeonatos regionais, o Taça Brasil, o Torneio Rio-São Paulo, o Torneio de Seleções Estaduais e as excursões pelos continentes antes das competições, uma espécie de pré-temporada. As copas intercontinentais, organizadas pela Conmebol, tinham apenas um ou dois representantes do Brasil. A visibilidade era bem menor, porém a paixão era a mesma que o bom futebol proporciona. Portanto, podemos colocar o Marcial dentre os grandes goleiros do Brasil.

Destaques na sua trajetória futebolística:

  1. Após conquistar o título de Campeão Mineiro de 1962, Marcial integrou a Seleção Mineira que venceu o Campeonato de Seleções Estaduais, pela primeira vez, quebrando a hegemonia das seleções do Rio de Janeiro e São Paulo.

  2. Em 15 de dezembro de1963, jogando pelo C.R. Flamengo, em jogo válido pela decisão do Campeonato Carioca – com o Maracanã lotado, com uma assistência de mais de 200 mil pessoas – o goleiro Marcial parou o ataque do Fluminense F.C., dando o título ao clube da Gávea.

  3. Em 16 de dezembro de 1965, Marcial fez parte do elenco do Corinthians que representou a Seleção Brasileira em um jogo amistoso contra o Arsenal da Inglaterra, vencido pelo clube inglês por 2 X 0.

  4. No flamengo, Marcial jogou 87 partidas, com 50 vitórias, 18 empates e 19 derrotas.

  5. No Corinthians, conquistou o título Torneio Rio-São Paulo de 1966.


Clubes e Seleções:

Jogou nos seguintes clubes e Seleções:

Atlético Mineiro

Flamengo

Corinthians

Seleção Mineira

Seleção Brasileira

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\atletico_mg_45x45.png

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\flamengo_60x60.png

Descrição: C:\Users\Casa\Desktop\corinthians_60x60.png

C:\Users\Vidal\Desktop\LogoFMGF.png

C:\Users\Casa\Desktop\th.jpg

1962 a 1963

1963 a 1965

1965 a 1968

1963

1963


Final de Carreira: Marcial surpreendeu a todos quando decidiu pendurar as chuteiras com apenas 26 anos, no auge de sua performance, retornando à Universidade de Medicina, onde se formou em 1970.

Falecimento: Faleceu no dia 02 de agosto de 2018, aos 77 anos, vítima de um infarto.

C:\Users\Vidal\Desktop\qfl_fto_13342.jpg

Marcial de Mello Castro

Coluna do Vidal



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 6199952-3515

Visitas: 5581585
Usuários Online: 210
Copyright (c) 2018 - Portal de Noticias do Blog do Carlindo Medeiros